GUCCI É CONDENADA A PAGAR R$220 MIL POR ACUSAR MÃE E FILHA DE FURTO

Em 2015, Carolina Appel e sua filha, foram acusadas por funcionários da loja da grife italiana Gucci,no Village Mall,no Rio,de terem furtado um casaco da marca.À época,a família negou e registrou ocorrência na 16ª DP.A juíza Flavia de Almeida Viveiros de Castro, da 6ª Vara Cível da Barra, condenou dias atrás a marca italiana a pagar indenização de R$ 220 mil à família.Constatou que a peça fora comprada no exterior e considerou que mãe e filha passaram por um constrangimento.Cabe recurso.



Deixe uma resposta