PARA POUCOS E BONS

Foi o envolvimento emocional com a boa gastronomia que impulsionou Fátima Haikel Oliveira, esposa do médico Agnello Oliveira,a se enveredar pela seara do forno e fogão,embora, por costume, apostasse apenas nos paladares caseiros.O inconfundível toque que ela dá aos temperos,sutil sem ser frágil,leve sem perder a contundência, faz seus temperos fluírem com sinceridade, apaziguando a expectativa e satisfazendo a fome.Suas receitas conseguem sempre um resultado encantador.Pois Agnello e Fátima abriram sábado sua casa para mimar um pequeno grupo de amigos que se deliciaram com um jantar irretocável, cheio de elegância e simplicidade.O menu,apresentava comidas frias da cozinha árabe,revisitadas,com traços novos e um resultado encantador,cujo leque de delícias incluía um quibe cru,um babaganouch e um patê de alcachofras,absolutamente inomináveis. De prato principal, uma delícia da memória afetiva solicitado por alguns convidados:dobradinha com arroz branco,de sabor excelso.De sobremesa,pudim de leite condensado e um doce de leite,desses que, quando aterrissam à mesa, acabam com o burburinho.Noite que merece aplausos e pede bis.

 

 

 



Deixe um comentário