UM PRÍNCIPE NA FEIRA

Daí, como dizem os gaúchos,eu vinha andando pela feira da Vila Imperial no sábado de manhã,admirando a beleza das frutas,legumes e verduras expostos sobre as bancas quando, ao passar em frente à barraca do pastel, alguém chamou meu nome.Virei para ver e era o presidente da Sociedade de Medicina e Cirurgia,Dr Leandro Colturato,sentado num banquinho, vestido de príncipe,dando pedacinhos de pastel para sua filha, tendo ao lado, a mãe dele, Lucy.Sua camisa era de cetim branco, com mangas bufantes  e punhos franzidos no estilo medieval. Colete preto, calça de cetim preta até os joelhos debruada em lantejoulas Ao cumprimentá-los,pergunte se estavam a caminho de algum festival de ballet porque a garotinha estava vestida de princesa. E ele: 
– Não,não!É que quando convidei minha filha para vir comigo à feira ela disse que viria se eu me vestisse de príncipe. 
E a Lucy,mãe dele, interceptou a conversa:  
-Eu perguntei-lhe: Você tem coragem de sair assim?  
E ele com a mesma tranquilidade de alguém que está fumando seu charuto: 
– Ninguém paga minhas constas.  
Personalidade bem resolvida é isso. 



Deixe um comentário